Uma ponte para o futuro de quem?

Uma ponte para o futuro de quem?

UMA PONTE PARA O FUTURO, futuro para quem?

pag6

*Texto do jornal Causa do Povo nº74 – Abril/Maio de 2016

No avançar da crise política, o PMDB lançou ainda em 29 de outubro de 2015 um projeto chamado “Uma Ponte Para o Futuro” já vendo as possibilidades de um governo Temer que agora se concretiza. O programa teoricamente “para debate interno” foi, na verdade, propagado amplamente e serve como um aceno de subserviência do PMDB aos atuais interesses do imperialismo, banqueiros e capitalistas em geral.

O programa “Uma Ponte Para o Futuro” pretende:

1) Aprofundar privatizações do setor de logística, infra-estrutura, mineração, energia (especialmente com maiores concessões à exploração privada do petróleo brasileiro);

2) Atacar direitos trabalhistas para garantir os “ganhos de competitividade” para a burguesia industrial, rural e financeira;

3) Cortes em áreas sociais como educação, saúde, e aos programas assistenciais como Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida;

4) Uma nova reforma da previdência que ataque o direito à aposentadoria;

5) “Integração nas cadeias globais de valor”, o que significa a integração à acordos de livre comércio, tal como o recente Acordo Transpacífico que integra EUA, México, Chile e outros países.

Por isso o povo trabalhador e os jovens brasileiros não podem ter nenhuma ilusão no governo Temer. Ele será uma face ainda mais radical das políticas anti-povo já encaminhadas pelo PT. Ainda que o impeachment não seja consumado após os 180 dias de afastamento de Dilma, esse programa será a base programática de pressões do bloco burguês-conservador. Não há saída por cima para o povo, nos resta a luta e a resistência independente de qualquer governo.

 

https://uniaoanarquista.wordpress.com/2016/05/16/uma-ponte-para-o-futuro-futuro-para-quem/ 




ONLINE
11