Do magistério saem os guerreiros

Do magistério saem os guerreiros

Do magistério saem os guerreiros que edificam a nossa terra  

Chegamos na semana da Pátria. 

Nosso país tem apresentado resultados exuberantes em muitas áreas, o que nos enche de orgulho. Em outras, a qualificação é  vexatória,  fruto da inércia, do descaso, da impunidade e da ganância sem limites de gestores carentes de ética. Precisamos edificar os valores.  Limpar, higienizar e moralizar o país. Nas mãos dos educadores está a significante tarefa de conduzir as gerações futuras do Brasil, cujos braços, fartos de recursos, abrigam uma das mais generosas economias do planeta. A qualidade de nossa gente é majestosa capaz de desabrochar a consciência, a responsabilidade e a pujança da nossa terra. 

Sabemos que há muito chão pela frente. Não precisamos empurrar ninguém. Mas, também, não haveremos de hesitar em lutar pelo nosso valor e pela dignidade que nos é devida como profissionais da educação – donos de toda a carga de responsabilidade que nos cabe, como legítimos condutores do ensino de tantos brasileiros.

As adversidades não são poucas. Por isso,  precisamos de jovens guerreiros que arregacem as mangas e abracem o magistério e não temam às lutas que terão pela frente.

É preciso elevar o tom com urgência e gritar de verdade - temos que fazer valer a pena ser professor neste país e estancar o êxodo de educadores para outras áreas.

Já passou da hora de enxergar  o  imensurável valor de quem  dá o suor e desafia os perigos de entrar numa sala de aula. 

Só assim, valorizando  de forma consciente e respeitosa a educação brasileira, será  possível conquistarmos a nossa posição de soberania entre outras nações, como de fato merecemos.

Professor José Maria Cancelliero Presidente do Centro do Professorado Paulista

http://www.cpp.org.br/index.php/noticias/item/313-do-magisterio-saem-os-guerreiros-que-edificam-a-nossa-terra




ONLINE
12