Mostremos valor, constância...

Mostremos valor, constância...

 

“Mostremos valor, constância”. “Sirvam nossas façanhas, de

modelo a toda terra.”

Luzia R. Pereira Herrmann



Frases do nosso tão cantado Hino Rio-Grandense dão título a este texto. Por quê?

 

Refletindo sobre o início do ano letivo de 2013, sobre a importância do trabalho que devemos realizar nas escolas, com nossos alunos, ensinando-lhes mais pelo exemplo do que com listas de conteúdos, muitas vezes inúteis, porque não conseguimos dar a eles um significado, pensei em nosso Hino.


Maus exemplos, temos aos “montes”, a começar pelas autoridades. Leis? Liminares? Pra quem cumprir, mesmo?


O governo Tarso, no final de 2012, com a apresentação do projeto de reajuste, ignorando a Lei do Piso, mostrou que não tinha a menor intenção de que ela se efetivasse. Queria apenas alterar nossos planos de carreira.  Alertamos na ocasião: “Muito cuidado! Piso, sim, mas com garantia dos planos de carreira!”


Voltando aos versos do Hino, temos convicção de que o enfrentamento com o governo Tarso e Dilma deve ser intenso aqui no RS, dando exemplo para os demais estados, afinal somos ou não um povo “aguerrido e bravo”? Temos aqui o político que assinou a lei. Se não tinha a intenção de que fosse cumprida, que não assinasse.


Agora, nos resta, cobrar e com muita força, com muita garra.


Chega de enganação!


Gaúcho (a) que se presa, não se deixa enganar! Não permite que lhe façam de bobos! “Não leva desaforo pra casa”!


Ou paramos de cantar nosso Hino, ou vamos mostrar “valor, constância”. Que “sirvam nossas façanhas, de modelo a toda terra”.


Nossos alunos precisam de bons exemplos, também!


Sejamos propositivos. Vamos participar das Atividades de Mobilização nas escolas, na região. Vamos sugerir propostas de mobilização! Nós somos responsáveis pelo destino de nossa categoria e podemos muito mais SE estivermos unidos, comprometidos.


Eu, tu.. nós somos responsáveis pelo nosso destino.


Sejamos forte, aguerridos e bravos nessa luta de classes, que se torna cada dia mais dura.

 


LUZIA R. PEREIRA HERRMANN
é diretora do 8º Núcleo do CPERS/Sindicato (Estrela/RS)






ONLINE
16