Votação do pacote

Votação do pacote

Pacote de Sartori deve ser votado na segunda-feira na Assembleia 

Reunião de líderes pela manhã poderá confirmar pauta do governo no dia. Oposição tentará adiar votação para a última semana do ano 

Por: Caetanno Freitas          16/12/2016

Pacote de Sartori deve ser votado na segunda-feira na Assembleia  Lauro Alves/Agencia RBS

O governador José Ivo Sartori anunciou pacote de medidas em 21 de novembro deste ano, no Palácio Piratini     Foto: Lauro Alves / Agencia RBS 

A presidência da Assembleia Legislativa está convocando para a próxima segunda-feira, às 11h, a reunião de líderes do parlamento para decidir a inclusão do pacote de medidas do governo na ordem do dia. De acordo com a presidente, deputada Silvana Covatti (PP), a decisão de levar as propostas do governador à votação depende do acordo entre as lideranças, mas nos bastidores já existe acerto informal para que isso ocorra.

— Estou convocando a reunião a pedido do líder do governo, com assinaturas de outros líderes. Vamos nos reunir na segunda e decidir se todos concordam em levar a pauta à votação na ordem do dia — diz a deputada.

O líder do governo na Assembleia, deputado Gabriel Souza (PMDB), confirma a tendência de votação e ressalta a expectativa positiva do Piratini em relação ao desfecho no plenário.

Leia mais:
"Não é a pressão que deve definir o futuro do Estado", diz Sartori
Sindicatos distribuirão senhas de acesso à AL na votação do pacote de Sartori
Pacote de Sartori teria impacto de pelo menos R$ 1,5 bilhão ao ano

— Temos de admitir que a Assembleia é a Casa do possível. Mas o governo está convicto que irá aprovar as medidas, e os deputados sabem da importância delas — ressalta.

Há uma preocupação entre os deputados com possíveis protestos dentro e fora da Assembleia, o que pode atrapalhar a votação. Para tentar organizar um pouco mais a sessão, a presidência confirma que irá distribuir senhas para os manifestantes que queiram acompanhar o andamento das atividades das galerias. O limite de público ainda não foi estabelecido. A segurança será reforçada do lado de fora do prédio.

— Acho natural as manifestações dos servidores desde que sejam pacíficas. A gente sabe que a minoria é mais organizada e também sabemos que a sociedade está amplamente a favor de um novo Estado — reforça Souza.

A oposição irá trabalhar para que a votação ocorra somente após o Natal, na última semana do ano. O deputado Pedro Ruas (PSOL) defende que os parlamentares tenham mais tempo para analisar a fundo os projetos que serão levados a plenário.

— Vou lutar para que não ocorra nem na segunda nem na terça-feira. São muitos projetos, mudará muito o Estado. Na semana que vem não é possível votar esse pacote. Não é justo com a sociedade que a Assembleia queira votar assim tão rapidamente— argumenta.

*Zero Hora

 

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2016/12/pacote-de-sartori-deve-ser-votado-na-segunda-feira-na-assembleia-8785650.html 




ONLINE
5