Sem Royalties

Sem Royalties

Estado perde 505 creches

 Uma verba suficiente para construir 505 creches, adquirir 4.067 ônibus escolares ou comprar merenda escolar para 2,2 milhões de alunos por ano. Segundo a Federação das Associações dos Municípios (Famurs), é isso que o Rio Grande do Sul já perdeu, desde 2013, com a suspensão da divisão dos royalties do petróleo – um total de R$ 800 milhões.


Nesta segunda-feira, a entidade lançou o Royaltômetro para acompanhar o prejuízo e pressionar por apoio institucional ao cumprimento da lei que trata do assunto, suspensa por liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) em 18 de março de 2013 – há 1.001 dias.

De acordo com a Famurs, dos R$ 800 milhões que o Estado ganharia, 75% iriam para a educação e 25% para a saúde.

COMO SERIA A DIVISÃO

20% para a União

20% aos Estados produtores

17% para os municípios confrontantes

2% aos municípios afetados

40% para Estados e municípios não produtores

Fonte: Fonte: Famurs

 

http://www.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a4930902.xml&template=3898.dwt&edition=28037&section=3595




ONLINE
14