Procuro um lugar

Procuro um lugar

Um lugar, um sonho e uma luta!

 Sandra Ribas

 

Procuro um lugar onde possa ficar, 

Onde não haja preconceitos de cor, de gênero,  

De fé, de classe, de opções de vida... 

Onde possa ser eu mesma, e todos mostrem sua face,  

Deixem a máscara no armário e vivam nus de fato. 

 

Nesse sensorial espaço há lugar para ser criança,  

Com direito a saúde, educação e lazer. 

Há lugar para ser jovem, criativo e questionador  

Porque mudanças são importantes e necessárias 

O espaço para a experiência é garantido e valorizado.  

A velhice é cuidada, protegida e seus direitos assegurados. 

 

Pode ser que ainda não exista esse lugar 

Mas ficar sonhando apenas não me conduz a ele 

Preciso mudar, me unir a outros sonhadores 

E lutar até o fim. 

Meu fim não será o fim do sonho  

e sim mais um motivo pra continuar lutando. 

 

Derrotistas não passarão! 

Nesse lugar todos terão coragem e voz para dizer 

Não ao desmonte da educação 

Não ao retrocesso das conquistas asseguradas na Constituição 

Não a manipulação da mídia, parcial e comprada 

Não a todos os vergonhosos desmandos dos golpistas e reacionários  

Que destituíram o país de sua democracia plena e o jogaram na lama da corrupção. 

Não a uma sociedade anestesiada pelo discurso egocêntrico que ignora  

O social, a alteridade do indivíduo, suas necessidades e direitos. 

 

Não a violência simbólica executada nas escolas  

Contra os alunos que não querem calar, 

Contra os professores que estimulam a pensar. 

 

Que o sonho seja intenso, 

A luta seja avassaladora, 

A conquista seja soberana, 

Os indivíduos acordem  

E não permitam jamais o retrocesso,  

O sequestro dos nossos direitos!

 

http://www.pensaraeducacaoempauta.com/copia-dalvit14-10-16 




ONLINE
11