Ocupação contra MP 241

Ocupação contra MP 241

Estudantes ocupam Instituto Federal na Restinga contra PEC 241 e reforma do Ensino Médio

Alunos estão dormindo no prédio da Rua Alberto Hoffmann, em Porto Alegre, desde segunda-feira

Por: Eduardo Rosa     12/10/2016

Estudantes ocupam Instituto Federal na Restinga contra PEC 241 e reforma do Ensino Médio Eduardo Rosa/Agencia RBS

Foto: Eduardo Rosa / Agencia RBS

Contrários à PEC 241 e à reforma do Ensino Médio, estudantes ocuparam o campus Restinga do Instituto Federal Rio Grande do Sul (IFRS). Desde a noite de segunda-feira, 11 alunos dormem no prédio da Rua Alberto Hoffmann, em Porto Alegre.

— Estamos reunidos para tratar dos próximos passos que envolvem a educação, lutando contra essa PEC, que vai prejudicar os estudantes. Vamos fazer força para que ela não passe nas próximas votações — explica Bruno Paz, 17 anos, do curso técnico em Eletrônica.

Leia mais:
Qual o impacto da PEC 241 na saúde, educação e salário mínimo
O que os alunos pensam sobre a reforma do Ensino Médio

O início da mobilização se deu no mesmo dia em que a Câmara dos Deputadosaprovou em primeiro turno o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição, que limita os gastos públicos por duas décadas. As discussões contemplam areforma nos anos finais da Educação Básica, que o governo federal definiu por meio de uma medida provisória editada no final de setembro.

— O IF fica em uma comunidade pobre, onde o povo não tem condições de pagar uma instituição particular. Estamos lutando por todas as escolas, pelos projetos culturais e pelas bolsas-auxílio — afirma Vanessa Lopes, 34 anos, do técnico em Recursos Humanos, acrescentando que o movimento conta com apoio de outros alunos, professores, servidores e lideranças comunitárias.

Bruno relata que, na terça-feira, as aulas ocorreram em meio período devido à ocupação. A expectativa dele é de que o mesmo ocorra na quinta-feira ou que não tenha aula. Nesta quarta-feira, quando a reportagem esteve no local, estavam apenas alunos e seguranças por conta do feriado.

O grupo, que se comunica com alunos de outros IFs por meio do WhatsApp e do Facebook, relata que há ocupações em diferentes campi, como no Instituto Federal Farroupilha-São Borja. A MP do Ensino Médio têm motivado ocupações em Estados como Paraná e São Paulo. No primeiro, o movimento Ocupa Paraná calcula que mais de 200 instituições participem.

 

http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/educacao/noticia/2016/10/estudantes-ocupam-instituto-federal-na-restinga-contra-pec-241-e-reforma-do-ensino-medio-7764287.html?utm_source=newsletter&utm_medium=e-mail&utm_campaign=news-destaques-da-manha 

 




ONLINE
8