O Fundeb e a aposentadoria

O Fundeb e a aposentadoria

O FUNDEB, A APOSENTADORIA E O IPE PREVIDÊNCIA


Por Siden*
 
No debate sobre o FUNDEB ouço o argumento. “Não podemos questionar se essa verba está sendo usada para pagar os Aposentados, pois colocaria em risco o vencimento dos  educadores aposentados".

Como aposentado em uma matrícula, eu discordo. Não só penso que podemos questionar, como devemos...

E por uma questão muito simples: Pagamos Previdência para quê?

Fui operar alguns cálculos. Gosto da dança dos números...

Suponhamos que um professor teve um vencimento médio de R$ 1.500,00. Com esse salário contribuiu durante 30 anos (360 meses) com a quantia de R$ 210,00 à Previdência.

No momento da aposentadoria terá contribuído com o valor total de R$ 75.810,00.

Esse valor mensal, se colocado a render aos juros da poupança (0,5% a/m), resultará num montante de R$ 212.205,90.

Observem, que nem considerei a contribuição patronal.

Então devemos, ou não, questionar porque se paga @s educador@s aposentad@s com a verba do FUNDEB?

Penso ser obrigação levantar essa questão. Se até hoje não foi questionado, não seria o momento de iniciar?

Não seria a oportunidade de se pedir uma auditoria no IPE Previdência, para sabermos como está sendo administrado o valor mensal de nossas contribuições?

E certamente com urgência, pois a verba do FUNDEB findará em 2020.

E quando chegar essa data, como ficam @s Aposentad@s e Ativ@s?

Ao silenciar esses fatos não estaríamos sendo coniventes com uma possível má gestão de nossa Previdência, deixando uma séria ameaça aos atuais e @os futur@s Aposentad@s e Pensionistas?

O que você acha? Estou exagerando?

Sem culpar ninguém, nem do passado, nem do presente, faço esse alerta, pois acredito interessar a tod@s nós....
 
*Siden Francesch do Amaral é Professor Estadual.

 

 




ONLINE
13