Não baguncem a casa

Não baguncem a casa

Não baguncem a casa, vamos receber visitas

    LUIS MAURO QUEIROZ     

Assim podemos resumir o que mais preocupava a presidente Dilma Rousseff no pronunciamento feito nas redes de televisão e rádio no dia 21

Assim podemos resumir o que mais preocupava a presidente Dilma Rousseff no pronunciamento feito nas redes de televisão e rádio no dia 21. Certamente todos esperariam mais do que a engenharia de ideias prontas que falou em seu discurso, principalmente alguns políticos que estão extremamente preocupados com a situação.

O que fez em seu pronunciamento é muito oportuno, para não dizer de ares facistas, ao concordar e “apoiar” os movimentos mas, ao mesmo tempo, pedir para que os manifestantes se comportem durante a copa das confederações. Trocando em miúdos, foi evidente o medo de uma possível parada da copa da FIFA, que já se torna uma hipótese neste momento.

Além disso, a presidente tentou comprar os manifestantes com uma afirmação de que 100% dos lucros obtidos com o petróleo seriam repassados para a educação e que trarão milhares de médicos para o Sistema Único de Saúde (SUS). No caso da educação, a dúvida não fica no repasse dos lucros do petróleo, mas sim se essa verba vai para o destino certo, deve haver fiscalização dessa verba. Sobre a vinda de médicos estrangeiros para o SUS, e os profissionais brasileiros? Porquê não contratá-los? Será por saberem da real condição da estrutura da saúde pública no Brasil?

Também foi citado que haveria uma conversa entre o governo federal, os governadores dos estados e prefeitos das grandes cidades brasileiras para a realização de um pacto por melhorias nas vias urbanas, dando ênfase na melhoria dos transportes públicos. Mas não podemos nos esquecer que isso já estava previsto nos projetos da copa e da campanha de sua eleição.

Depois de comentar sobre o que foi falado, é necessário mostrar que não houve discussão sobre a ação despreparada e truculenta da PM de todo o Brasil nas manifestações, em geral pacíficas, principalmente sem necessidade de intervenção da polícia. Nesse momento, só é criticada a ação de vândalos, não se percebe que as ações erradas de ambos lados são causadas pela precariedade da educação em todo o país.

Deve-se haver uma reflexão por toda a população para se perceber o que está sendo dito, o que é verdade e o que é simplesmente blefe político para se conquistar e manobrar quem está participando das manifestações. Mais do que isso, é necessário identificar quem está do lado do povo ou não.

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/106187/Não-baguncem-a-casa-vamos-receber-visitas.htm




ONLINE
19