Música e o cérebro

Música e o cérebro

Como a música mexe com o seu cérebro

Ela tem poderes que você nem imagina. Descubra!


Como a música mexe com as emoções, você com certeza já sabe. Mas e como ela mexe com o seu cérebro, com o seu corpo, com os seus sentidos? Vários estudos feitos ao redor do mundo já comprovaram que a música tem efeitos potentes e, muitas vezes, surpreendentes sobre a nossa vida. Por exemplo: você sabia que…

Estas informações vêm de um estudo feito por pesquisadores daUniversidade de Oxford, no Reino Unido, que colocaram voluntários para degustar alguns alimentos ao som de música mais alta e aguda ou baixa e grave — e depois perguntaram sobre os gostos que eles sentiram.

Que tal fazer o teste? ;-)


“Que maravilha, música é sempre bom, não sabia que podia haver relação com os alimentos. Amei (vivendo e aprendendo).”
Maria, via Facebook

“Muito interessante! Que venham os outros vídeos!”
Neila, via Facebook


Outro efeito já muito discutido por aí é em relação aos efeitos de ouvir (ou tocar) música sobre o QI (Quociente de Inteligência):

Dos muitos estudos que já foram feitos a respeito, o pioneiro é da Universidade da Califórnia, nos EUA, em que foi usada a Sonata para Dois Pianos em D Maior, de Mozart, em testes com jovens adultos.

Ouça:


“Música é a maior motivação para desenvolver a inteligência”.
Rosemary, via Facebook

“Ouvir uma boa música é bom para saúde. Consegui controlar a pressão alta com a dança de salão! Cantar também é muito bom para não ficar ocupando a mente com preocupações”.
Maria, via Facebook


Mais uma. Você já se perguntou por que, quando ouvimos música, costumamos bater o pé junto? A ciência já:

Este e outros “sintomas” de ouvir nossas músicas preferidas já são especulados por pesquisadores há tempos — a dilatação das pupilas dos olhos e a liberaração de dopamina (o famoso “hormônio do prazer”) no cérebro também já são efeitos conhecidos.


“Comecei a mexer com o pé na mesma hora que tocou a música! Legal!”
Debora, via Facebook

“Agora entendo porque gosto tanto de dançar.”
Milton, via Facebook


Por fim, será que existe alguma correlação entre ouvir música no trabalho e aumento da produtividade?

Este estudo foi feito na Universidade de Windsor, no Canadá, com colaboradores de empresas de informática.

E você, sente isso também? Conta pra gente ;-)


“Adoro ouvir música trabalhando fica mais leve, o tempo passa rápido e tenho mais satisfação em realiza-lo! Eu vivo música!”
Rosalina, via Facebook

“É verdade. Quando realizo trabalho braçal, prefiro realizá-lo ao som de um bom samba. Quando o trabalho é mais intelectualizado, prefiro um som instrumental.”
Geraldo, via Facebook

 

https://medium.com/itau/a-ci%C3%AAncia-da-m%C3%BAsica-85b5aaba0019




ONLINE
11