Manifestação do Machismo

Manifestação do Machismo

Em que ocasiões se manifesta seu machismo?

 



Fico pensando que alguns artigos que leio são maravilhosos para os educadores.

Nós, professores, podemos – e devemos fazer mais do que fazemos – utilizar estes textos como base para aulas.

Fazer os alunos lerem e pensarem sobre eles.

Eu já tive o prazer de saber que alguns textos meus, daqui do blog, foram e são utilizados por professores de todos os níveis de ensino em suas salas de aula.

Hoje, trago uma pérola, para que possamos trabalhar questões de gênero e o machismo nosso do dia a dia.

Vale a pena imprimir e trabalhar com nossos alunos, talvez fazer um debate, uma roda de conversa ou qualquer dinâmica que possa trazer à tona nossos preconceitos e desconstruí-los.

“Quantas violências eu sofro só por ser mulher?”, pergunta a autora.

Em determinado momento, ela inverte as posições, para nos fazer pensar:

“Rio de Janeiro, 2013. Um casal é sequestrado em uma van. As sequestradoras colocaram um strap-on sujo, fedido de merda e mofo, e estupraram o rapaz. Todas elas, uma a uma, enfiavam aquela pica enorme no cu do moço, sem camisinha e sem lubrificante. A namorada, coitada, tentou fazer algo mas foi presa e levou chutes e socos.’”

E, ao final, uma pergunta:

“E você, leitor homem? Quando é abordado de forma hostil por um estranho na rua, pensa “por favor, não leve meu celular” ou “por favor, não me estupre”?”

Fiquem com o texto e pensem e usem e eduquem e mudem.

Como se sente uma mulher

Como se sente uma mulher
Por Claudia Regina

Abraços,

Declev Reynier Dib-Ferreira

 

http://www.diariodoprofessor.com




ONLINE
11