Inimigo das ocupações

Inimigo das ocupações

 

Na tarde da última terça-feira, 15, um jovem estudante e militante de 20 anos foi assassinado pelo próprio pai após se desentenderem em uma discussão sobre o movimento de ocupações.

Guilherme Irish, o jovem que foi alvejado quatro vezes pelo próprio pai que se matou em seguida, era um astucioso anarquista, estudante de matemática da UFG e estava participando ativamente das ocupações contra a PEC 55. Seu pai era um inimigo declarado das ocupações. De tanto ódio, foi capaz de matar seu próprio filho.

Quem assassinou Guilherme, não foi unicamente seu próprio pai. O assassino do jovem é também aquele que vende a ideia das ocupações enquanto um crime, que constrói uma realidade falaciosa acerca do movimento, deturpa os fatos e se omite diante de um dos maiores levantes estudantis da história. O assassino de Guilherme é quem compra essas ideias e as reproduz, quem incita a violência, seja ela policial ou civil, contra as ocupações.

O assassino de Guilherme pode ser você.

Ilustração Vini Oliveira

Contato: desneuralizador.br@gmail.com 




ONLINE
10