Educação: Brasil e EUA

Educação: Brasil e EUA

 

Educação no Brasil e nos EUA

 

Entre 64 países, o Brasil ocupou a 63ª posição em número absoluto de estudantes de 15 anos (1,1 milhões entre os 2,7 milhões analisados) que "não têm capacidades elementares para compreender o que leem, nem conhecimentos essenciais de matemática e ciências." Fonte e Nova análise: http://wp.me/p3lDLt-yP- 10 fatos assustadores sobre educação no Brasil.

Legendei o vídeo abaixo apenas para contextualizar um pouco esses dados e dar uma noção da gravidade do problema que nosso país enfrenta. No vídeo, o físico teórico Michio Kaku (nascido no Japão, naturalizado nos Estados Unidos) argumenta como nem os EUA teriam um sistema educacional adequado para os desafios do século XXI, dependendo de estrangeiros para a pesquisa. Imagine no Brasil, onde não há nem sistema educacional básico de qualidade, nem grandes incentivos à internacionalização da pesquisa. É um quadro triste, para dizer o mínimo. Especialmente se pensarmos que mesmo se hoje mudássemos completamente o sistema educacional, levaria mais de uma década para vermos o impacto da mudança. E essas reformas não parecem sequer estar em pauta, quanto menos saírem hoje. Segue o vídeo para a reflexão.

Assista o video no link

https://www.facebook.com/20531316728/posts/10154009990506729/ 

Fontes e outras referências:
10 fatos assustadores sobre qualidade do ensino no Brasil: http://wp.me/p3lDLt-yP
Análise do meu blog sobre o perfil e financiamento das Universidades Estaduais do Estado de São Paulo: http://wp.me/p3lDLt-q3
Análise do meu blog sobre gastos em educação no Brasil: http://wp.me/p3lDLt-kL
Análise do meu blog sobre pedagogia e o futuro da educação: http://wp.me/p3lDLt-kh
Notícia sobre o estudo da OCDE: http://tinyurl.com/ciencia-brasil
Estudo completo da OCDE: http://tinyurl.com/ocde-educacao-2016
Trecho no meu canal do YouTube: https://youtu.be/Ufo_Yw4FoSg
Vídeo original completo (em inglês sem legendas): https://www.youtube.com/watch?v=ceEog1XS5OI

Siga-me no twitter (https://twitter.com/_ThomasConti) ou no Facebook para acompanhar meus comentários sobre atualidades ou publicações acadêmicas!

OBS1: O "sistema" que Michio se refere (1m24s do vídeo) é o complexo educacional do MIT (Massachusetts Institute of Technology). É provavelmente o centro de pesquisa tecnológica mais avançado do mundo.
OBS2: O comentário final do Michio sobre formandos em sociologia no contexto do debate refere-se ao fato de que as estatísticas americanas sobre quantos % dos doutorandos são do próprio país são infladas pela participação deles nas humanidades. Quanto mais próxima da ponta tecnológica é a área de pesquisa, menor é a participação de estudantes americanos. Como não quis fazer um vídeo longo esse contexto acabou sendo perdido.
OBS3: Em 2014, mais de 315 mil pessoas residem nos EUA por meio dos vistos H-1B, para trabalhar, estudar e/ou desenvolver pesquisas de ponta na pós-graduação. O total de estrangeiros naquele país apenas por meio destes vistos é maior que todos os alunos da USP, Unicamp e Unesp somados. Fonte: U.S. Citizenship and Immigration Services, Characteristics of H-1B Specialty Occupation Workers Report for Fiscal Year 2014.

 

https://www.facebook.com/conti.thomas/videos/1128977007115295/?fref=nf

 




ONLINE
11