Dívida histórica em precatórios no RS

Dívida histórica em precatórios no RS

Dívida histórica em precatórios no RS é tema de reunião entre OAB/RS e Sinapers                                               

Estado é o quarto maior devedor do País.

Os precatórios estaduais foram tema de reunião entre o presidente da OAB/RS, Marcelo Bertoluci, juntamente com o presidente da Comissão de Precatórios, Felipe Neri Dresch da Silveira, e a diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Aposentados do Estado do Rio Grande do Sul – Sinapers, na tarde desta sexta-feira (04), no gabinete da presidência.

A dramática situação do Rio Grande do Sul — quarto maior devedor de precatórios do País — com um passivo próximo a R$ 9 bilhões foi debatida com a presidente do sindicato, Ilma Truylio Penna de Moraes, com a vice, Selma Rosa, com a diretora financeira, Katia Terraciano e com o assessor jurídico, Ricardo Hanna Bertelli.


Destacando a importância da atuação conjunta entre a OAB/RS, por meio da Comissão Especial de Precatórios, e o Sindicato, Bertoluci apontou que "a dura realidade dos credores, que enfrentam uma verdadeira história épica para receber seus créditos é uma luta inarredável da Ordem gaúcha, que conta com a participação qualificada do sindicato para traçar os rumos de sua atuação. Por isso, devemos intensificar esta parceria e levarmos este tema para discussão nacional em conjunto com o CFOAB".


O Estado paga mensalmente apenas o mínimo que é obrigado por lei, o que representa aproximadamente R$ 30 milhões. "Neste ritmo, sem qualquer tipo de correção monetária e se mais nenhuma nova ação for distribuída, a dívida atual será quitada apenas em 2038, depois de longos 25 anos", ressaltou Bertoluci.


Liziane Lima Jornalista – MTB 14.717
http://www.jornaldaordem.com.br/noticia_ler.php?id=31890




ONLINE
6