Dialogar com projeto pedagógico

Dialogar com projeto pedagógico

Atividade deve dialogar com projeto pedagógico

Elisabete Monteiro de A. Pereira


Discutido com os pais, programa delineia objetivos da escola e precisa estar presente também em aulas extracurriculares

Toda escola tem um projeto pedagógico em que estão delineados a filosofia da escola, os objetivos e o perfil de egresso que a instituição deseja formar. Isso é apresentado aos pais, que discutem com a equipe pedagógica da escola sobre a sua concordância em relação ao projeto.

Ultimamente a participação dos pais na vida escolar dos filhos está cada vez maior e as escolas também têm se aberto mais a essa participação. Não é uma regra geral, mas há um aumento significativo do entendimento mútuo a respeito da importância dessa participação.

A introdução de aulas extracurriculares tem, necessariamente, de fazer parte desse projeto apresentado e discutido pelas escolas com os pais e pelos pais.

Por outro lado, as escolas têm entendido a importância de formar alunos com entendimentos sobre as mais amplas questões do conhecimento. As instituições têm buscado favorecer o desenvolvimento do aluno em todas as áreas, para além das tradicionalmente trabalhadas na escola.

Se as atividades respondem ao que foi intencionado no projeto pedagógico, elas podem ser consideradas pedagogicamente válidas.

O xadrez, por exemplo, tem sido uma atividade desenvolvida, inclusive, em escolas públicas, pelo potencial de desenvolvimento intelectual, da capacidade de concentração, análise e tomada de decisão. O jogo de xadrez entra em uma nomenclatura atual que é o "esporte-ciência".

O que não pode acontecer é a atividade escolar não estar inserida no contexto do projeto pedagógico.

Há cursos extras que fazem parte das atividades complementares do currículo. Nesses casos, as escolas desenvolvem projetos que integram questões de várias áreas do conhecimento, permitindo às crianças entenderem sua interdisciplinaridade.

Alguns desses projetos podem integrar física, matemática, química, história, cultura, valores sociais, as relações com o cotidiano, com o mundo físico etc. Isso amplia a percepção dos alunos sobre a complementaridade entre as áreas do conhecimento.

Espera-se que outros cursos extras, como iatismo, também estejam estruturados dentro de objetivos educacionais explicitados no projeto pedagógica da escola.

Ponto de Vista de ELISABETE MONTEIRO DE AGUIAR PEREIRA, especialista da Faculdade de Educação da Unicamp -FSP-(21/4).
SECOM/CPP




ONLINE
8