Abaixo-assinado contra parecer do CEEd

Abaixo-assinado contra parecer do CEEd

SINEPE/RS divulga abaixo-assinado contra parecer do CEEd

Assessoria de Comunicação - SINEPE/RS

O SINEPE/RS divulga abaixo-assinado contra o Parecer 578/2014, que nega às escolas o direito de suspender e expulsar alunos. O objetivo, com o documento, é coletar assinaturas de diretores, pais, professores e alunos contrários à medida, e com isso expor a opinião da comunidade escolar sobre o tema. A decisão pela criação do documento foi tomada pelo SINEPE/RS em conjunto com as instituições do ensino privado presentes na reunião do dia 12 de agosto realizada no Colégio Marista Rosário, em Porto Alegre.

O abaixo-assinado, proposto na ocasião, deverá ser disseminado em cada instituição associada em todo o Estado. Para isso, basta baixar o documento, multiplicá-lo e colher as assinaturas, preenchendo todos os campos. "A sociedade gaúcha clama por limites; as escolas precisam de instrumentos para coibir a violência; os professores necessitam do respeito à sua autoridade para poderem realizar o trabalho em sala de aula; os alunos têm o direito de terem ambiente e clima para poderem aprender", salienta o presidente do Sindicato, Bruno Eizerik.

As instituições de ensino devem enviar a folha-rosto e as assinaturas, via Correio para o SINEPE/RS até o final de setembro. Av.Borges de Medeiros, 308 - Conjunto 184,18º andar - Porto Alegre, RS - CEP:90020-020 Fone:51 3213-9090 - Fax:51 3213-9099 E-mail: sindicato@sinepe-rs.org.b

Clique no link abaixo e acesse o abaixo-assinado.

 

Porto Alegre, 29 de agosto de 2014.

Senhores/as Diretores/as:

            A proposta do Parecer 578/2014, do Conselho Estadual de Educação -  retirado de pauta e atualmente “em discussão para ouvir a sociedade” - depois da gigantesca reação da sociedade gaúcha, desencadeada a partir da manifestação do “apedido” do SINEPE/RS, continua sendo alvo de nossas preocupações, a partir do acompanhamento do nosso Conselheiro Hilário Bassotto e da Assessoria Jurídica, na pessoa do Dr. Jorge L. Müller.

            Por ocasião da reunião com os diretores, lançamos um Manifesto, que foi largamente distribuído em todo o Estado, tendo se somado ao conjunto de nossas manifestações.

            Chegou a vez do abaixo-assinado, proposto na ocasião e que pretendemos seja desencadeado em cada instituição associada em todo o Estado, bastando para isso baixar o documento no Portal, multiplicá-lo e colher as assinaturas, preenchendo todos os campos. É importante mobilizar setores externos, incluindo quem queira cerrar fileiras contra o conteúdo do Parecer proposto.

            Se outros organismos, inclusive da escola pública quiserem se associar à iniciativa, são todos bem-vindos. Temos recebido diversas manifestações de apoio, inclusive de diretores, professores, alunos e pais de escolas públicas.

            Não nos move o desejo de confronto, muito menos atingir o Conselho, mas vamos à luta a fim de preservar a autonomia das Escolas para definirem o seu Projeto Político-Pedagógico e nele inserir as normas disciplinares.

            A sociedade gaúcha clama por limites; as escolas precisam de instrumentos para coibir a violência; os professores necessitam do respeito à sua autoridade para poderem realizar o trabalho em sala de aula; os alunos têm o direito de terem ambiente e clima para poderem aprender.

            O tempo-limite é até o final do mês de setembro para devoluçãovia correio da folha-rosto e das assinaturas para o SINEPE/RS, que dará o devido encaminhamento.

            Obrigado por seu apoio e comprometimento.

Bruno Eizerik - Presidente

 




ONLINE
7