A escola pública, ontem e hoje

A escola pública, ontem e hoje

No Canal Futura: A escola pública, ontem e hoje, pelo olhar de duas professoras

POR ANTÔNIO GOIS

Em reportagem da qual participei no Canal Futura, discutimos, a partir do olhar de duas professoras, as mudanças que ocorreram na educação brasileira desde o século passado.

Esse tema sempre me fascinou pois ainda é comum escutar relatos pessoais de que a educação brasileira, "naquela época", era de qualidade.

Não é possível comparar as duas épocas por meio de avaliações padronizadas, que só começaram a ser apliadas em larga escala no Brasil em meados da década de 90. Mas é bem provável que a afirmação seja verdadeira se considerarmos que houve um tempo em que o magistério era concorrido (em parte por que as mulheres da elite não tinham outras opções no mercado de trabalho) e que os alunos vinham de famílias menos vulneráveis.

Era sem dúvida um outro sistema educacional, mas que atendia a poucos. Como cito no início da reportagem abaixo, apenas 31% das crianças entre 7 e 14 anos estudavam em 1940, segundo o IBGE. Hoje, o percentual nesta faixa etária chega a 98%.

A escola pública, portanto, é hoje mais democrática. Mas está longe ainda de garantir qualidade para todos. 

 

 

http://blogs.oglobo.globo.com/antonio-gois/post/no-canal-futura-escola-publica-ontem-e-hoje-pelo-olhar-de-duas-professoras.html




ONLINE
10