Onde estarão nossos futuros professores

Onde estarão nossos futuros professores

 

Onde estarão nossos futuros professores
Patricia Amaral*

tarso piso nao

 Estamos vivendo em um mundo de frases feitas. "O professor é o único que abre caminhos para todas as outras profissões" ou, em contraponto, "ser professor é trabalhar demais para ganhar de menos"... entre uma e outra, dezenas de frases que se alternam na gangorra de sentimentos que acometem não só os profissionais da área, mas também alunos e sociedade em geral, que quebram a cabeça dia após dia tentando decifrar a origem de tamanhos erros, frustrações e descaso no sistema educacional brasileiro. Onde começa? O que se faz com as frases prontas (dizem que provém da sabedoria popular), mas, para onde elas estão nos levando? Ninguém me disse, mas começo a ver claramente o caminho à frente.

Faculdades fechando gradativamente seus cursos de licenciatura pelo desinteresse dos estudantes nesta profissão tão difamada e sofrida. A imagem que pertencia aos mestres, de respeito e admiração, hoje dá lugar ao retrato da desilusão, do medo e da incapacidade. Diante deste quadro, pensemos: qual mártir optará por esta profissão?! Acreditem, existem... e fazem de tudo para que a crença na efetiva educação prevaleça às condições de trabalho precárias da rede pública, ao ato de ter que acatar a segundos interesses no caso de escolas particulares que não podem deixar pais descontentes arriscando perder seus alunos para as escolas "concorrentes", as horas e horas de trabalho em casa deixando de lado esposas, maridos e filhos... Mas acreditam na educação acima de tudo, e no quanto o mundo precisa do comprometimento e entrega destas pessoas que fazem realmente a diferença no mundo.

Sem professores, qual será a solução? Ensino à distância? Desculpem-me, não acredito no ensino à distância. E não me venham dizer que levariam seus carros para um mecânico que fez curso por correspondência! ...Entregariam então seus filhos a um ensino sem troca de experiências, sem convivência social que é onde está o maior de todos os aprendizados? A menos que consigamos viver eternamente sozinhos no mundo, este sistema é seco já na fonte. Não deixemos que os últimos remanescentes desta leva de profissionais ainda apaixonados e acreditados no futuro da educação caiam no desgosto.

É imprescindível que a política daqui para frente seja de valorização, incentivação e reconhecimento aos docentes de todos os níveis de escolarização, para que tenhamos cada vez mais exemplos práticos ao citar "para toda a regra, existe uma exceção", e pouco a pouco tenhamos novamente professores orgulhosos de sua profissão, abrindo caminhos para que seus alunos aprendam muito além do português, matemática, história... que aprendam a construir suas próprias histórias com alegria e sentimento de que "vale à pena lutar pelos seus sonhos". Sem a propriedade desta certeza, um professor jamais conseguirá expandir para os alunos este sentimento e qualquer sentimento positivo em relação ao futuro. Onde começa o descaso com a educação eu não descobri, mas o começo para a mudança deste quadro de derrota está certamente centrado na figura do professor. Por favor, façamos renascer nossos professores, afinal, "mais vale prevenir, do que remediar"!

*Estudante e Professora

http://wp.clicrbs.com.br/doleitor/2012/11/16/artigo-onde-estarao-nossos-futuros-professores/?topo=13,1,1,,,13

http://www.opiniaodoroteia.blogspot.com.br/2012/11/onde-estarao-nossos-futuros-professores.html

Translate this Page




ONLINE
12